Espinosa, meu éden

Espinosa, meu éden

quarta-feira, 27 de maio de 2015

1253 - Comendador Viana comemora seus 90 anos

A mais antiga e bela instituição educacional da cidade de Espinosa, emoldurada pelas magníficas gameleiras localizadas em seu pátio central, comemora neste mês de maio os seus 90 anos de fundação. 
A Escola Estadual Comendador Viana nasceu aos 5 de maio de 1925, por meio do Decreto-Lei nº 6864/25, que, para homenagear o então governador do estado de Minas Gerais, Dr. Fernando de Mello Viana, deu o nome do seu pai, Sr. Manoel Pereira de Mello Viana, ao educandário.
O aniversário aconteceu no dia 5 de maio, mas as comemorações acontecerão nesta quinta e sexta-feiras, dias 28 e 29 de maio de 2015. Confira a programação e não deixe de comparecer:

28 de maio de 2015 - Quinta-feira - 16h30
- Abertura solene
- Apresentação da Banda de Música da 11ª Região da Polícia Militar de Montes Claros
- Exposição alusiva aos 90 anos

29 de maio de 2015 - Sexta-feira - 17h
- Lançamento da 3ª edição do Jornal Raio de Luz
- Lançamento do Selo Comemorativo dos 90 anos
- Exposição alusiva aos 90 anos
- Apresentações artísticas


A escola atualmente possui em suas instalações físicas, 12 salas de aula, biblioteca, laboratório de informática, supervisão escolar, direção, secretaria, sala de professores, cantina, refeitório, depósito de merenda, 3 banheiros e uma quadra poliesportiva coberta com banheiros e vestiários. Um grupo de 61 servidores atende a 789 alunos, sob o comando da atual diretora Gislaine Christina Costa de Sousa Balieiro.

Diretores da instituição desde a sua criação:
José Raimundo Neto
Maria de Souza Mello
Joana Antunes de Lourdes
Anna dos Santos Silveira
José Menezes de Abreu
Aurestina Ribeiro Tolentino
Araci Antunes Sepúlveda
Dulce Cardoso França
Maria Aparecida Coelho Prates
Lúcia Tibo de Souza Rocha
Célia Oliva Dias
Dirce Teixeira dos Anjos Tolentino
Ana Lourdes Caldeira Tolentino
Divalma Ribeiro
Célia Maria Tibo Caldeira
Gislaine Christina Costa de Souza Balieiro

Uma breve olhada nos nomes acima comprova a capacidade e a competência dos educadores que administraram a escola em todos esses anos. A partir da nossa querida Dona Araci, tenho o privilégio de conhecer a todas as mestras diretoras (exceção feita à atual), por quem tenho imenso carinho e admiração, em especial Dona Araci e Dona Lúcia, que foram minhas professoras, e Célia, minha colega por longo tempo.


Diretoria atual do Comendador Viana:
Diretora: Gislaine Christina Costa de Souza Balieiro
Vice-diretora: Meire Madalena Realina de Lima Oliveira
Secretário: Rogério Cruz Alkimim
Especialistas: Cleuza de Almeida Sobrinha e Amarize Rodrigues Cardoso
Intérprete de Libras: Camila Ribeiro Carvalho

Estudei toda a minha vida no Grupo Estadual Dom Lúcio, desde o velho casarão da Praça Joaquim Tolentino, onde hoje funciona o Centro Social Araci Antunes Sepúlveda, até o prédio novo da escola, que funcionou durante um bom tempo onde atualmente é a Escola Betânia Tolentino Silveira. Mas tive a felicidade e o privilégio de cursar a Escola Normal Professor José Monteiro Fonseca em suas instalações, o que muito me alegrou, pois é um lugar maravilhoso para se adquirir conhecimento.
Então, quero dar os meus esfuziantes parabéns à direção, aos professores, aos servidores e aos alunos da Escola Estadual Comendador Viana pelo belo trabalho executado diariamente em prol do futuro da nossa comunidade e do nosso país. Sem esquecer jamais daqueles que já passaram pela escola e também deixaram o seu importante legado. Que Deus os proteja!
Um grande abraço espinosense.


sábado, 23 de maio de 2015

1252 - O poder transformador da música

Ouça. Consegue ouvir? A música. Posso ouvi-la em todo lugar. No vento. No ar. Na luz. Está ao nosso redor. A gente só precisa se abrir. A imagem de um amplo campo de trigo enche a tela e o menino comanda o balé de rara beleza. A música comanda o espetáculo da Natureza.
É assim, com belas imagens, que começa o filme "O Som do Coração", uma produção americana de 2007, escrito por por Nick Castle, James V. Hart, Kirsten Sheridan e Paul Castro, produzido por Richard Barton Lewis e dirigido por Kirsten Sheridan. A produção não é nenhuma obra-prima, definitivamente não é destinada aos que amam ação, violência, tiros e explosões, mas atende bem às exigências daqueles que gostam de histórias cativantes e com final feliz. E se você possuir uma sensibilidade aguçada, é bem capaz de você se derramar em lágrimas em vários momentos comoventes da história do garoto Evan Taylor. É o que aconteceu comigo, não posso negar.
O filme conta a história do garoto prodígio Evan Taylor, que passa a sua infância em um orfanato à espera dos seus pais, que não conhece. Ele sente a música em tudo ao seu redor e sonha em sair dali para reencontrar a sua família, o que vai lhe render muitas aventuras pelo caminho.
Para quem é apaixonado por música, como eu, vale a pena assistir. Ela, a música, serve como contraponto de uma linda celebração do amor.
Um grande abraço espinosense.


Elenco:
Evan Taylor (August Rush) - Freddie Highmore
Lyla Novacek - Keri Russel
Louis Connely - Jonathan Rhys Meyers
Maxwell "Mago" Wallace - Robin Williams
Arthur - Leon Thomas III
Richard Jeffries - Terrence Howard
Hope - Jamia Simone Nash
Lizzy - Bonnie McKee
Marshall - Alex O´Loughlin
Thomas Novacek - William Sadler
Nick - Aaron Staton

 

1251 - Isso sim é Marketing!

Anualmente, quantias exorbitantes são destinadas ao marketing, pelas empresas de todos os setores da economia. No Brasil, estima-se em R$ 121 bilhões os investimentos publicitários realizados no ano passado.
Mesmo que essa imensa massa de dinheiro renda muitos empregos, muito pouco retorna à sociedade na melhoria de vida da população. Normalmente esses recursos são aplicados pelas empresas apenas em propagandas e divulgação das suas marcas, com o único intuito de aumentar as vendas e o lucro. 
Mas alguns casos isolados merecem elogios e reconhecimento. É o caso da Ambev, que fabrica a cerveja Brahma. Durante a realização da Copa do Mundo no Brasil em 2014, a empresa criou o projeto "Onde tem Brasil, tem Copa. E onde tem Copa, tem que ter festa". A ideia, brilhante, era de levar uma estrutura completa de telão, arquibancada e festa, com cerveja de graça e tudo, a pequenas cidades situadas no interior do país, para que a população tivesse a oportunidade de assistir aos jogos da maior competição de futebol do mundo. Foi um sucesso! Veja imagens no final desta postagem da festa realizada na Vila do Guiné, distante 480 km de Salvador, Bahia.

  
Agora mais recentemente, a Brahma lançou o projeto "Viva o Campinho", para reformar, até 2018, mais de 300 campos de futebol amador em todo o Brasil, com o intuito de incentivar a transformação social em comunidades carentes. Os campinhos de terra batida, cheios de imperfeições no terreno, com buracos por toda parte e com traves caindo aos pedaços, são reconstruídos, recebem piso nivelado, alambrado, iluminação e piso de grama sintética, para delírio dos amantes das peladas de futebol. O primeiro campinho a ser transformado foi o de Peri Alto, na Zona Norte de São Paulo, dentro do distrito de Cachoeirinha, único local da comunidade onde os moradores podiam bater uma bolinha nos fins de tarde e nos finais de semana. Vejam como era antes e como ficou.



São atitudes como essas que devemos aplaudir e exigir das empresas das quais somos clientes. Que elas não só enriqueçam os seus proprietários e acionistas, mas que devolvam algo em prol da população, especialmente os mais carentes. Parabéns à Ambev e à Brahma por realizar um sonho dos moradores de Peri Alto.
Um grande abraço espinosense.


 

terça-feira, 19 de maio de 2015

1250 - Um ano sem Ricardinho

Desculpem-me importunar vocês mais uma vez com esse assunto, mas é que um ano se completa hoje, dia 20 de maio, sem a presença física do nosso filho Ricardinho. Foram 365 dias de dor aguda, de tristeza incontrolável e de lembranças ininterruptas. Às vezes ainda nos surpreendemos com a louca sensação de que nada aconteceu, que estamos vivenciando apenas um tenebroso e infindável pesadelo e que, de repente, tudo voltará ao normal. Talvez o nosso subconsciente relute e não queira aceitar a dura realidade. Mas não devemos nos enganar, nosso filhinho se foi, abrupta e tragicamente. É muito difícil aceitar e conviver com essa verdade irrefutável, mas resignar é preciso.
Não raras vezes nos flagramos absortos em uma avalanche de pensamentos os mais diversos, alguns até desconexos, junto a um turbilhão de imagens que sempre nos remetem a momentos vividos ao lado de Ricardo, nas suas várias fases da vida, que nos deixam assim completamente tomados de apatia e desânimo.
Não queiram sequer imaginar o quanto é doloroso passar por tal situação. A possibilidade de se desestruturar emocionalmente é bem plausível, talvez bastante natural.
Mas é preciso reagir! Rogar a Deus por força, ânimo e vontade de continuar a caminhada. A vida é uma grande dádiva e temos que usufruí-la em todos os segundos da nossa existência, mesmo que em alguns momentos, repletos de tanta dor e tristeza. Mas a certeza é que, sem Deus, é praticamente impossível atravessar essa provação. A fé é absolutamente imprescindível para contornar as dificuldades e seguir adiante. 
Assim, passado um longo ano de tamanha angústia e melancolia, eis que sentimos a necessidade de mais uma vez expressar o nosso eterno sentimento de gratidão a todos os familiares e amigos que estiveram juntos conosco neste período tão difícil de nossas vidas, com as suas presenças, com os seus fundamentais apoios, com as suas benditas orações e com os seus especiais carinhos.
Que o Senhor Deus, na sua infinita bondade, possa recompensá-los por tão caridosos atos de generosidade e solidariedade para conosco. O nosso eterno muito obrigado.
Com fé inabalável em Deus e unidos no Seu amor, estamos seguindo em frente.
Um grande abraço de Eustáquio, Cléa e Renato.


domingo, 17 de maio de 2015

1249 - Torneio Interno de Futebol Society da AABB MOC homenageia Gilberto Brant

Na manhã deste domingo foi dada a largada para a disputa de mais um Torneio Interno de Futebol Society da Associação Atlética Banco do Brasil de Montes Claros. O evento deste ano de 2015 irá homenagear o peladeiro Gilberto Brant. 
Hoje foi realizado o Torneio Início, que reuniu todas as equipes das três categorias, aberto, master e senior, que irão brigar pelos títulos de campeão. Para recepcionar os peladeiros na manhã do domingo, a AABB preparou um farto café da manhã.
Foram selecionadas sete equipes por categoria, com patrocínios das empresas Atacadão Doce Lar, CEFETRI-MG, Centro Odontológico, Haras Pacuí, Jac´s/Octoo, MC Segurança, O Boticário, Quero Pizza, Restaurante Quintal e Stylo Inox. Os jogos do torneio acontecerão nas noites de terça e quinta-feira e nas manhãs de domingo.
Terminadas as partidas do Torneio Início, prestigiados por uma imensa quantidade de associados do clube, sagraram-se campeões:
Categoria Senior: CEFETRI-MG
Categoria Master: Jac´s/Octoo
Categoria Aberto: Quero Pizza
Após os jogos, foram entregues os troféus aos campeões e começou uma imensa e animada confraternização com muita música, churrasco e cerveja para os associados e peladeiros do clube.
Um grande abraço espinosense.




Wilson e o homenageado Gilberto Brant

O homenageado Gilberto Brant agradece à Diretoria da AABB MOC





A equipe senior do CEFETRI sagrou-se campeã da categoria

A equipe do Quero Pizza sagrou-se campeã na categoria aberto

A equipe master do Jac´s/Octoo sagrou-se campeã na categoria


Damata ergue o troféu de Campeão Senior do CEFETRI

Mika recebe do presidente Mauro o troféu de Campeão Master do Jac´s/Octoo

André recebe o troféu do Quero Pizza, Campeão da categoria Aberto




Equipe do Haras Pacuí, vice-campeã do Senior
  

sábado, 16 de maio de 2015

1248 - Instalação da Casa de Apoio Madre Teresa de Calcutá em Espinosa

Tomei conhecimento de que foi criada em Espinosa a AFADEQ - Associação de Famílias de Dependentes Químicos. A instituição pretende trabalhar para proporcionar a recuperação dos dependentes químicos da nossa cidade e estão em uma difícil batalha para conseguir recursos materiais e humanos para a instalação da Casa de Apoio Madre Teresa de Calcutá. 
O nome da instituição não poderia ser melhor escolhido. Anjezë Gonxhe Bojaxhiu, ou Madre Teresa de Calcutá, como ficou conhecida mundialmente, formada em Enfermagem, foi uma figura abençoada por Deus, de uma dedicação divina aos pobres e doentes e um dos mais belos exemplos de caridade e solidariedade da história. Foi premiada com o Prêmio Nobel da Paz no ano de 1979, reconhecimento pelo seu trabalho em prol dos cegos, idosos, leprosos, aleijados e moribundos. Ela morreu de ataque cardíaco, em Calcutá, Índia, em 5 de setembro de 1997, aos 87 anos. Em 19 de outubro de 2003, ela foi beatificada pelo Papa João Paulo II.
Espero que os integrantes da AFADEQ, entre eles meu amigo Adão Ramos, consigam o apoio necessário da sociedade espinosense para a instalação da instituição e que possam ter sucesso na difícil tarefa de recuperar os nossos irmãos dependentes químicos. Parabéns a todos eles por esta causa humanística de real valor para a sociedade como um todo, não só para as famílias envolvidas.  
Parece-me que um mutirão será realizado neste domingo, dia 17 de maio, para reparos finais na sede da instituição. Quem estiver disposto a participar e dar a sua importante contribuição, é só estar às 7 horas na frente da Igreja do Espírito Santo, onde o pessoal irá se reunir. Participem e colaborem!
Um grande abraço espinosense e fiquem com Deus!

   

sexta-feira, 15 de maio de 2015

1247 - Chora de dor a "Lucille": o "Rei do Blues" está morto

Neste momento, a famosa Lucille deve estar guardada em algum canto e se tivesse vida, estaria em prantos. O seu eterno companheiro de jornada e música por anos e anos finalmente descansou. Na madrugada desta sexta-feira, 15 de maio de 2015, Riley Ben King, ou Blues Boy King, ou ainda simplesmente B. B. King, faleceu aos 89 anos em Las Vegas, vítima de complicações da diabetes.

Nascido em 16 de setembro de 1925 em Itta Bena, no Mississippi, Estados Unidos, o Rei do Blues desde criança já demonstrava o gosto pela música. Ainda jovem, tocava músicas gospel pelas ruas e bares da cidade até se mudar para Memphis, Tennessee, no ano de 1947, e descobrir novos rumos. Começa a ganhar fama e dá o nome de Lucille à sua guitarra, depois de uma confusão em um dos seus shows por causa de uma garota com esse nome. Conquista o respeito e a fama e passa a ser o influenciador musical de dezenas de grandes novos artistas pelo mundo, nomes de peso como Eric Clapton, Jimi Hendrix, George Harrison, Stevie Ray Vaughan, Jeff Beck e Buddy Guy.
B. B. King tratava com especial zelo as suas guitarras. Tocava sempre com uma alegria e uma interação emocional com o instrumento que parecia terem nascido como indivíduos univitelinos, tamanha a simbiose. Gravou mais de 50 álbuns na carreira, conquistou nada menos que 16 prêmios Grammy e em 1987 foi incluído no Hall da Fama do Rock and Roll.
Mesmo com mais de 80 anos de idade e com problemas de saúde, ainda se apresentava regularmente pelo mundo. O último show seu no Brasil aconteceu em 2012, em São Paulo. Nessa mesma turnê, apresentou-se também em Curitiba e no Rio de Janeiro, anteriormente.
O Rei do Blues finalmente descansa e deixa uma legião de fãs espalhados pelo mundo, entre eles gênios da guitarra como Eric Clapton, que gravou um elogiado álbum ao seu lado, e Stevie Ray Vaughan. A música perde o talento e a alegria do ícone da guitarra. Uma pena!
Um grande abraço espinosense.




1246 - "Minas ao Luar" em Monte Azul

Para não deixar que o tão importante e rico cancioneiro popular brasileiro se perca no tempo da música comercial, o SESC - Serviço Social do Comércio iniciou no ano de 1994, ao "Projeto Minas ao Luar". O projeto leva cultura e música de qualidade a várias cidades do estado de Minas Gerais, em apresentações musicais noturnas e ao ar livre, de maneira totalmente gratuita. No repertório não podem faltar as músicas das serestas e os clássicos da melhor música popular brasileira. Já são 19 anos ininterruptos de funcionamento e mais de 500 apresentações em Belo Horizonte e no interior do estado.  Houve até duas edições do projeto na capital Brasília e uma na cidade de Águas de Lindoia, no interior de São Paulo. O evento consegue normalmente atrair um público de cerca de 5 mil pessoas, de todas as faixas etárias.
Na noite deste sábado, a cidade de Monte Azul vai ter a oportunidade de receber o evento do SESC, com a apresentação do grupo "Sarau Brasileiro", que promete resgatar o melhor da música nacional. O grupo Sarau Brasileiro surgiu no final da década de 1980 e lançou seu primeiro CD, intitulado "Sarau Brasileiro Interpreta Geraldinho Alvarenga", em dezembro de 2001. O repertório do grupo é composto por ritmos nacionais resgatados do início do século passado até os dias atuais e engloba valsinhas, choros, boleros, sambas, forrós e bossa nova. Além de composições próprias, interpretam grandes nomes como Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga, Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Waldir Azevedo, Tom Jobim, Paulinho da Viola, Ari Barroso, Godofredo Guedes, Cartola, Chico Buarque, entre outros.
A apresentação se dará na Praça Francisco Teles de Menezes, no bairro Pernambuco, a partir das 20h30, com apoio da Prefeitura Municipal e da InterTV, afiliada da Rede Globo na região. A entrada é gratuita. Então, povo monteazulino, não deixe de comparecer e apreciar essa maravilha. Até o povo de Espinosa deveria comparecer, pois trata-se de um evento de rara beleza e uma oportunidade única de apreciar a nossa rica cultura brasileira. Fica a dica.
Um grande abraço espinosense.


Minas ao Luar, em Monte Azul
Atração: Sarau Brasileiro
Data: 16-05-2015
Hora: 20h30
Local: Praça Francisco Teles de Menezes, bairro Pernambuco
Entrada gratuita

1245 - Apoiem esta ideia: pista de skate em Espinosa!

Ninguém pode contestar a falta de opções para a prática de esportes em Espinosa, principalmente para os jovens. Constantemente ouvimos relatos do aumento da violência e do consumo de drogas entre a juventude da cidade, o que é completamente lamentável. Nada como a prática esportiva para preencher o tempo ocioso, promover a socialização, fomentar o desenvolvimento físico e mental da garotada e possibilitar a descoberta de novos talentos. E ainda motivar esses meninos e meninas para a disputa sadia de competições esportivas, afastando a possibilidade de eles ingressarem neste mundo sombrio e sem volta do vício nas drogas.
Em Espinosa, as opções para a prática de esporte são muito reduzidas. Elas se resumem ao futebol e ao futebol de salão, pelo que eu tenho visto. Competições esportivas então, com disputas anuais envolvendo os jovens, são quase inexistentes. Eu gostaria muito de ver um calendário anual com competições de basquete, vôlei, handebol, peteca, futevôlei, atletismo, vôlei de areia, tênis, ciclismo. São tantas as opções em que poderíamos trabalhar e oferecer uma oportunidade a essa meninada de se exercitar saudavelmente. E com participação também das crianças e dos adultos, por que não?
Algumas iniciativas merecem todo o apoio da sociedade. O ensino do karatê, do jiu jitsu, a disputa de campeonatos de fisiculturismo, as turmas do pedal e das motos, as escolinhas de futebol, tudo isso merece aplausos. Tudo o que vier de novo, na direção da disseminação do esporte, precisa do apoio incondicional da administração do município e da sociedade como um todo.
Então, quero divulgar aqui uma turma de skatistas de Espinosa, "Os Sem Pista", da Equipe Espinosa Skateboard, formada pelos garotos Toh Ronaldo, Maycon, João Lucas, Jean Carlos e Júnior. Participam também Vanderson, Gustavo, Guga, Lázaro, Iasmim, Lucas, Geici Brown Jr. e Matheus, de acordo com a sua camiseta. O que eles querem? Apenas um espaço público para que eles possam fazer suas manobras radicais e se aperfeiçoarem na arte do skate. Atualmente eles tem que se exercitar nas praças da Meteorologia, Heitor Antunes e Antonino Neves, que não possuem estrutura para os seus treinamentos.
É por isso que estou divulgando aqui o sonho deles de ter em Espinosa uma pista de skate, com todas as condições para a prática do esporte na cidade, o que poderia contribuir e muito para o lazer, para o crescimento da modalidade e a descoberta de novos talentos. Os exemplos de sucesso de Van e de Pathy estão aí para comprovar que, havendo oportunidade, o surgimento de atletas de qualidade é quase certo. Se você puder, ajude a realizar esse sonho dos meninos. Entre em contato com eles através da sua página no facebook: https://www.facebook.com/OsSemPistas.
Um grande abraço espinosense e boa sorte aos nossos skatistas! 


1244 - Maravilhas da Natureza sob a beleza da música

Em tempos de escassez severa do líquido mais precioso da Terra, nada como apreciar imagens belíssimas da água no planeta. Tudo isso ouvindo um clássico da música mundial: "Scarborough Fair", uma canção tradicional inglesa de autoria desconhecida. 
A canção teve muitos intérpretes e versões, sendo a mais destacada a gravação feita pela dupla Simon e Garfunkel, que você pode ver logo abaixo. Geralmente a música é cantada na forma de um dueto de vozes masculina e feminina. 
O nome Scarborough Fair é uma referência à feira de Scarborough, que, na Idade Média, era um dos maiores pontos de referência comercial da Inglaterra.
Fonte: wikipedia.org

Cantam juntos homem e mulher:
Are you going to Scarborough Fair?
Parsley, sage, rosemary and thyme
Remember me to one who lives there
For she once was a true love of mine

Canta somente o homem:
Tell her to make me a cambric shirt
Parsley, sage, rosemary and thyme
Without no seam nor fine needlework
And then she'll be a true love of mine

Tell her to wash it in yonder dry well
Parsley, sage, rosemary and thyme
Which never sprung water nor rain ever fell
And then she'll be a true love of mine

Tell her to dry it on yonder thorn
Parsley, sage, rosemary and thyme
Which never bore blossom since Adam was born
And then she'll be a true love of mine

Ask her to do me this courtesy
Parsley, sage, rosemary and thyme
And ask for a like favour from me
And then she'll be a true love of mine

Cantam juntos homem e mulher:
Have you been to Scarborough Fair?
Parsley, sage, rosemary and thyme
Remember me from one who lives there
For he once was a true love of mine

Canta somente a mulher:
Ask him to find me an acre of land
Parsley, sage, rosemary and thyme
Between the salt water and the sea-sand
For then he'll be a true love of mine

Ask him to plough it with a sheep's horn
Parsley, sage, rosemary and thyme
And sow it all over with one peppercorn
For then he'll be a true love of mine

Ask him to reap it with a sickle of leather
Parsley, sage, rosemary and thyme
And gather it up with a rope made of heather
For then he'll be a true love of mine

When he has done and finished his work
Parsley, sage, rosemary and thyme
Ask him to come for his cambric shirt
For then he'll be a true love of mine

Cantam juntos homem e mulher:
If you say that you can't, then I shall reply
Parsley, sage, rosemary and thyme
Oh, Let me know that at least you will try
Or you'll never be a true love of mine

Confiram a tradução da letra da música aqui.
Um grande abraço espinosense.




quarta-feira, 13 de maio de 2015

1243 - Uma quarta-feira de fortes emoções

A emoção para os fanáticos por futebol começou ainda na tarde desta quarta-feira, com a surpreendente classificação da Juventus de Turim, eliminando o todo poderoso Real Madrid de Cristiano Ronaldo, Karim Benzema e Gareth Bale. Batendo pênalti aos 23 minutos do primeiro tempo, o excelente atacante português Cristiano Ronaldo abriu o marcador, chegando à impressionante marca de 307 gols marcados com a camisa do Real Madrid, igualando-se a ninguém menos que o mito Alfredo Di Stéfano. Aos 12 minutos do segundo tempo, a Juventus empatou a partida com um gol de Morata, segurando até o final o resultado que lhe deu a classificação para a finalíssima da UEFA Champions League, a ser disputada no dia 6 de junho, em Berlim, na Alemanha, contra o Barcelona de Neymar, Suárez e Lionel Messi.
Real Madrid: Iker Casillas, Carvajal, Marcelo, Sergio Ramos, Varane, Toni Kroos, James Rodríguez, Isco, Gareth Bale, Karim Benzema (Chicharito) e Cristiano Ronaldo. Técnico: Carlo Ancelotti. 
Juventus: Gianluigi Buffon, Lichtsteiner, Bonucci, Giorgio Chiellini, Patrice Evra, Claudio Marchisio, Andrea Pirlo (Barzagli), Arturo Vidal, Paul Pogba (Pereyra), Álvaro Morata (Llorente) e Carlos Tévez. Técnico: Massimiliano Allegri.


À noite, mais cedo, às 19h30, precisando da vitória a todo custo por ter perdido o primeiro confronto no Morumbi, na capital paulista, o Cruzeiro partiu para cima do time tricolor, fazendo uma marcação fortíssima e impedindo a saída de bola do São Paulo, que errava passes constantes. Pressão total! Os jogadores celestes tentavam chutes de fora da área e assustavam a defesa são-paulina. O São Paulo teve uma boa chance com uma falta muito bem cobrada por Michel Bastos, que passou perto do travessão de Fábio. O time da Toca da Raposa continuava sufocando o adversário, principalmente pelo lado direito, com Marquinhos. O atacante William tentou chutes de média distância por duas vezes e levou perigo ao gol de Rogério Ceni. 
O jogo seguia tenso e indefinido, com muita tensão e disputa estratégica entre os treinadores. Um verdadeiro jogo de xadrez. No time do São Paulo, Paulo Henrique Ganso, como sempre, muito técnico, mas pouco participativo, e com uma lentidão impressionante, não criava jogadas para o atacante Alexandre Pato, que, isolado na frente, nada produzia. 
Pelo Cruzeiro, William se destacava pela insistência nos chutes de fora da área e Leandro Damião disputava todas as jogadas, com a sua costumeira vontade. Mas o primeiro tempo terminou em 0 x 0.
Na volta para o tempo final, o Cruzeiro voltou bem melhor e novamente ditou o ritmo do jogo, sufocando o time paulista até que o gol saiu aos 9 minutos, através de Leandro Damião, que finalizou certeiramente após mais uma jogada iniciada pelo lado esquerdo da defesa tricolor, com Mayke. O Cruzeiro continuou apertando e o treinador Mílton Cruz fez a primeira substituição no São Paulo, com a entrada de Luís Fabiano no lugar de Pato. Pouco tempo depois, tirou Wesley para colocar Centurión, tentando mudar o panorama completamente desfavorável ao seu time, já que o Cruzeiro era muito superior em campo. Outras mudanças foram feitas nas duas equipes, mas nada que pudesse mudar o cenário de o Cruzeiro atacar e o São Paulo se defender. E assim terminou a partida, com a definição do vencedor a ser conhecida na disputa dos pênaltis.
O São Paulo começou a bater. Rogério Ceni converteu. Pelo Cruzeiro, Leandro Damião bateu para defesa de Rogério. Ganso marcou. Marquinhos também. Souza chutou alto, para fora. Arrascaeta converteu o seu. Luís Fabiano bateu para defesa de Fábio. Henrique colocou o Cruzeiro na frente, batendo muito bem. Centurión bateu forte e estufou a rede. Só Rogério poderia salvar o São Paulo. Manoel bateu muito mal e colocou mais emoção na decisão. Tudo igual no placar. A partir de então, cobranças alternadas. Fábio defendeu a cobrança de Lucão. Gabriel Xavier bateu bem e deu a classificação ao time mineiro. Cruzeiro 4 x 3, vitória emocionante nos pênaltis, passaporte liberado para as quartas de finais da Libertadores.
O Cruzeiro enfrentará o vencedor do jogo Boca Juniors x River Plate que será disputado nesta quinta-feira.
Cruzeiro: Fábio; Mayke (Willian Farías), Bruno Rodrigo, Manoel e Mena; Willians e Henrique; Marquinhos, De Arrascaeta e Willian (Gabriel Xavier); Leandro Damião.
Técnico: Marcelo Oliveira.
São Paulo: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Tolói, Lucão e Reinaldo; Denilson, Souza, Wesley (Centurión), Michel Bastos (Hudson) e Ganso; Alexandre Pato (Luís Fabiano).
Técnico: Milton Cruz.


22 horas. E chegou a hora de Atlético e Internacional decidirem o seu futuro na Libertadores, em um Estádio Beira Rio completamente lotado. Que coisa bonita é o futebol!
A partida começa com estratégias cuidadosamente montadas pelos treinadores, onde o menor erro pode ser fatal. Todo mundo atento para neutralizar as jogadas adversárias e cometer o mínimo de erros. Patric foi lançado na área e teve boa chance de marcar o gol, mas furou escandalosamente, perdendo boa oportunidade de colocar o Atlético na frente. O Internacional respondeu com Lisandro López, que em um ótimo contra-ataque, desperdiçou uma boa oportunidade de marcar. Disputa intensa pela bola em todos os quadrantes do campo, com algumas jogadas mais duras de lado a lado. Até que aos 22 minutos, Valdívia recebeu bom lançamento e toca com extrema maestria por cima do goleiro Víctor, com uma consciência elogiável, e abriu o placar para o Internacional. Golaço! E a imensa torcida colorada presente no estádio enlouqueceu de vez quando, aos 46 minutos, o seu camisa 10, D´Alessandro, se livrou da defesa atleticana e tocou com categoria exacerbada no ângulo direito superior do goleiro Víctor e decretou o aumento no placar do jogo: 2 x 0. E assim terminou o primeiro tempo.
O Atlético voltou com mudanças para o segundo tempo. Levir Culpi colocou Maicosuel e Giovanni Augusto nos lugares de Thiago Ribeiro e Leandro Donizete, tentando melhorar o desempenho do time. Aos 13 minutos o Atlético começou uma reação e marcou o seu gol, com o artilheiro Lucas Pratto. A torcida atleticana mais uma vez se acendeu com o grito de "eu acredito!" E Luan perdeu a chance de empatar a partida aos 17 minutos, chutando no travessão de Alisson.
O Atlético pressionou em busca do gol que lhe daria o empate e a chance de decidir a classificação nos pênaltis. Mas em jogada de extrema infelicidade aos 36 minutos, Dátolo tentou recuar de cabeça um lançamento de Valdívia e cometeu o pecado de deixar Lisandro López na cara de Víctor, para fazer o terceiro gol do Internacional e decretar a despedida do Atlético da Libertadores 2015. A partir daí, o time alvinegro partiu com tudo para cima do colorado, mas sem sucesso. O Internacional segue adiante, com méritos. Ao Atlético, que lutou até o último segundo, resta o reconhecimento da torcida. O adversário do Internacional nas quartas de finais será o Independiente Santa Fé, que eliminou o Estudiantes.
Internacional: Alisson; Willian, Alan Costa, Juan e Ernando; Rodrigo Dourado, Aranguiz, Valdívia e D'Alessandro (Réver); Eduardo Sasha (Jorge Henrique, depois Nicolás Freitas) e Lisandro López.
Técnico: Diego Aguirre.
Atlético: Victor; Patric, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos (Jô); Rafael Carioca e Leandro Donizete (Giovanni Augusto); Luan, Dátolo e Thiago Ribeiro (Maicosuel); Lucas Pratto.
Técnico: Levir Culpi.


No outro jogo envolvendo times brasileiros, o Corinthians também deu adeus à Libertadores ao perder de 1 x 0, em casa, para o Guaraní do Paraguai.
Que mais emoções venham nas fases decisivas da Copa Bridgestone Libertadores da América! Parabéns ao Internacional e ao Cruzeiro que seguem na competição defendendo o futebol brasileiro. Boa sorte e um grande abraço espinosense.

sábado, 9 de maio de 2015

1242 - O estupendo Vatnajökull National Park da Islândia

Uma maravilha da Natureza está situada na Islândia. Trata-se do Parque Nacional Vatnajökull, que abrange 13% do seu território, com seus 13.600 km² (5.300 milhas quadradas) e é o maior parque nacional da Europa Ocidental. Jökull, em islandês, significa geleira. E no parque, a enorme geleira, a maior do mundo fora do ártico, convive forçosamente com os vulcões. Esse contraste espetacular da Natureza produz maravilhas como o Ásbyrgi, uma grande garganta em forma de ferradura com um penhasco de cerca de 100 metros de altura e com 3,5 km de comprimento e 1 km de largura.
No Skaftafell Visitor Centre os visitantes encontram todas as informações sobre alojamentos, os pontos turísticos e as trilhas para caminhada na área. Há também uma sala de exposições, onde a história da convivência constrastante do fogo e do gelo na região é contada.
O Vatnajökull National Park foi criado para proteger a Natureza, funcionando como uma área de preservação de toda a paisagem, da fauna, da flora, das formações geológicas e das características culturais da região. Ele foi dividido em quatro áreas, cada uma com um administrador próprio, para melhor gerenciamento das operações.
No território Norte é encontrado o Jökulsárgljúfur, uma área que contém um canyon esculpido pelo rio Jökulsá á Fjöllum, a cachoeira Dettifoss, a cratera Hljóðaklettar e o Ásbyrgi, cercado de falésias em forma de ferradura. O Vulcão Central Askja e o oásis Herðubreiðarlindir estão localizados nas terras mais altas e para ter acesso é preciso um transporte 4 x 4. Outras cachoeiras no rio Jökulsá á Fjöllum impressionam os visitantes: Selfoss, Hafragilsfoss e Réttarfoss.
Dettifoss é a maior e mais imponente cachoeira da Islândia, também classificada como a cachoeira mais poderosa da Europa, devido à sua magnitude. Tem 45 metros de altura e 100 metros de largura e sua força é tamanha que a base treme quando atingida pelo peso da imensa coluna de água de espuma branca. O fluxo médio é de 193 metros cúbicos por segundo, mas durante as inundações, atinge até 600 m3/s. A cachoeira Dettifoss fica no rio glacial Jökulsá á Fjöllum, que emerge debaixo da geleira Vatnajökull e corre para a baía de Öxarfjörður, em uma série de cachoeiras. Cerca de um quilômetro rio acima está a cachoeira Selfoss e dois quilômetros rio abaixo está a Hafragilsfoss. Outra cachoeira, esta localizada no rio Skjálfandafljót, é a Godafoss, que fica no nordeste da Islândia e está entre as maiores e mais bonitas cachoeiras do país.
O parque é ideal para passeios e recreação ao ar livre, especialmente para aqueles que não estão com pressa, uma vez que um bom número de dias são necessários para apreciar a riqueza e diversidade da área. Conhecendo tamanha maravilha é impossível não se impressionar com tanta beleza da Natureza. As fotografias abaixo só confirmam isso.
Um grande abraço espinosense.