Espinosa, meu éden

Espinosa, meu éden

segunda-feira, 9 de março de 2015

1201 - Feliz aniversário, minha Espinosa querida!

Hoje é dia de festejar mais um aniversário da nossa emancipação política. E é com grande alegria que trago imagens da nossa cidade querida e depoimentos das pessoas que fazem esse lugar ser tão especial. Alguns ainda por lá presentes, enquanto outros fora, residindo em recantos distantes, com uma saudade imensa no peito, porém todos jamais desligados do seu cotidiano.
A todos esses espinosenses que tiraram um tempinho da sua vida atribulada para participar deste humilde projeto, o meu agradecimento sincero. Valeu muito a essencial participação de vocês. 
À nossa Espinosa, um pequeno poema pelo seu aniversário.
Um grande abraço espinosense e viva Espinosa!

Minha Espinosa

Ah, como eu queria poder ser poeta
Para escrever muito sobre ti, Espinosa
Sair pelos teus caminhos, de bicicleta
Sem rumo, numa jornada impetuosa

Passear pelos teus becos, ruas e praças
E conviver com teu povo sempre acolhedor
Que depois do batente, toma umas cachaças
E alegre e feliz, como eu, mascara a sua dor

Ah, como eu queria ver você mais linda
Aumentando o orgulho que trazemos no peito
Ver teus filhos ganhando o mundo, jovens ainda
Tornando mais intenso o nosso amor insuspeito

E quando o cansaço me impedir de seguir adiante
Sinalizando a partida que ninguém pode evitar
Resta deixar os entes queridos e manter sereno o semblante
Para em profunda paz em teu solo quente descansar


Um comentário:

samuca correia disse...

Muito bonita Homenagem.
Parabéns Espinosa!
Parabéns Eustáquio!